1 Coríntios

A primeira epístola aos Coríntios, escrita por Paulo, é uma carta que aborda diversas questões e desafios enfrentados pela comunidade cristã em Corinto. Datada aproximadamente entre 54-55 d.C., essa carta é uma resposta às preocupações levantadas pelos coríntios e oferece orientações práticas e teológicas.

Paulo aborda a divisão na igreja, destacando a importância da unidade e da centralidade de Cristo. Ele trata de questões éticas, como a imoralidade sexual e a resolução de conflitos entre os membros da comunidade. O capítulo 13 é notável por conter o conhecido hino ao amor, enfatizando a sua superioridade como fundamento para todas as ações cristãs.

A carta também trata de questões teológicas, como a ressurreição dos mortos, o papel dos dons espirituais na comunidade e a importância da ceia do Senhor. Paulo orienta sobre a liberdade cristã, mas ressalta a importância de considerar o bem-estar espiritual dos outros.

Ao longo de 1 Coríntios, Paulo busca corrigir mal-entendidos doutrinários e práticas inadequadas na comunidade, reforçando a importância da fé em Cristo e da ressurreição para a esperança cristã. Ele encoraja os coríntios a viverem de maneira digna do evangelho, mantendo a pureza doutrinária e a coesão espiritual. Essa epístola oferece uma rica fonte de ensinamentos práticos e teológicos para a vida cristã e o funcionamento da comunidade eclesiástica.

Confira os estudos de cada capítulo: